Chocolate  -  Mitos e Verdades

Chocolate_mitoxverdades.png

     

      O chocolate é um dos alimentos mais consumidos e apreciados do mundo. Muitos se consideram “chocolátras” e não conseguem ficar um dia sem consumir.

      Ainda há bastante mito sobre esse alimento. Vamos descobrir a seguir os mitos e verdades sobre essa delícia:

 

O chocolate dá espinha? MITO. Essa relação não foi comprovada cientificamente.

 

Chocolate alivia a TPM? VERDADE. O chocolate libera as substâncias feniletilamina e serotonina (hormônio do bem-estar) no corpo humano, melhorando o humor.

 

Chocolate branco engorda mais que chocolate preto? VERDADE. O chocolate branco possui mais gordura, portanto é mais calórico.

 

Chocolate amargo é mais nutritivo que os demais tipos de chocolate? VERDADE. Os efeitos benéficos são atribuídos ao chocolate amargo, pois contém maior concentração de cacau, menos açúcar e menos gordura. Portanto é mais rico em flavonóides e substâncias antioxidantes do que as outras versões. 

 

Chocolate causa enxaqueca? MITO. As pesquisas recentes mostram que a dor de cabeça e a ingestão de chocolate como fatores isolados não estão relacionadas.

 

Chocolate supre carência emocional? VERDADE. O chocolate estimula a endorfina liberada no cérebro e gera sensação de bem-estar, melhorando também o humor.

 

Chocolate vicia? MITO. Apesar de conter substâncias estimulantes, como a cafeína e a teobromina, a quantidade destes componentes é baixa e não chega a ser suficiente para causar dependência.

 

Chocolate deve ser abolido da alimentação? MITO. O chocolate é rico em gordura e açúcar, portanto, se consumido em excesso contribui para ganho de peso, em contra partida se consumido em doses moderadas e como parte de uma alimentação equilibrada pode ter efeito benéfico, pois contém boas doses de vitaminas do complexo B e alguns minerais como manganês, potássio e magnésio.

 

Chocolate diet não engorda? MITO. O chocolate diet não contém açúcar, mas, em compensação, há maior adição de gordura para garantir consistência. Em alguns casos, chega a ser mais calórico que o chocolate comum. Por isso, é especificamente para pessoas que precisam controlar a ingestão de açúcar, como os diabéticos.

 

 

 Nutricionista  Maira Chiquito Alves

CRN: 8431

 

Matéria publicada em: 06/12/17

Conheça os nossos Produtos

Nossos produtos são fabricados seguindo os mais rigorosos processos de fabricação.