Alimentos Integrais

01.png

     

        Esses alimentos são denominados integrais porque não passaram por um processo de refinamento, são alimentos que ainda possuem uma película de revestimento dos grãos. Essas películas são fontes de fibras alimentares, são ricas em vitaminas B, B2 e B5 e em minerais, como cálcio, fósforo e ferro, por serem ricos nesses nutrientes é justificada a recomendação de dar preferência ás formas integrais dos alimentos.

       Em relação ao valor calórico, os alimentos integrais, ao contrário do que muitos pensam não possuem diferenças significativas em relação aos refinados (pão de forma tradicional, arroz branco e macarrão). Entretanto a quantidade de fibra contida nos alimentos integrais proporciona maior saciedade, reduzindo o apetite e, consequentemente, a quantidade de alimentos ingeridos.

       Além de proporcionar maior saciedade os alimentos integrais combatem a prisão de ventre, pois as fibras insolúveis presentes nesses alimentos, ajuda a formar o bolo fecal e aumentar o peso das fezes, auxiliando no bom funcionamento do intestino, entretanto a fibra só exerce esse papel se aliada com um consumo adequado de líquidos.

         Diversos estudos mostraram que a inclusão de alimentos integrais ( arroz, pães, biscoitos, macarrão e farinhas) nos hábitos alimentares podem prevenir o surgimentos de doenças, como câncer , diabetes e alterações no colesterol.

Substituir os alimentos processados pelos equivalentes integrais é uma recomendação comum para uma nutrição saudável, mas lembre-se fazer uma alimentação balanceada exige certo grau de dedicação. É preciso estar atento às porções consumidas, priorizar alguns alimentos e, principalmente, conhecer bem o que está comendo para fazer boas escolhas.

 

 Nutricionista  Maira Chiquito Alves

CRN: 8431

 

Matéria publicada em: 06/12/17

Conheça os nossos Produtos

Nossos produtos são fabricados seguindo os mais rigorosos processos de fabricação.